Translate:

Pesquisar este blog

Receba as atualizações do blog em seu e-mail:

• Arguivo do blog

segunda-feira, 25 de julho de 2016

AJUDANDO A DESIGREJAR O POVO DE DEUS

.Enquanto muitos cristãos lutam para fazer crescer a igreja instituída por Jesus Cristo e trabalhada pelo poder do Espírito Santo, desde o dia de Pentecostes, aparecem na mídia social (e por outros meios) os destruidores da obra; crentes antibíblicos, fazendo um desserviço ao evangelho.
É necessária a leitura de Atos 2, que relata a descida do Espírito Santo sobre os que estavam "reunidos no mesmo lugar". Mas, se quiserem contestar esse ponto de vista, também deverão ler Atos, 5.7, que narra a chegada de Safira (mulher de Ananias) à igreja; aliás, pelo que se pode depreender, atrasada.
Se quiserem prosseguir, leiam Atos, 6, onde o escritor e pesquisador da História eclesiástica, o médico Lucas, narra a instituição do diaconato. Será que cada diácono trabalhava isoladamente, fora da "igreja instituída"?
É possível continuar pelas páginas do Novo Testamento, para contestar o mau serviço a que muitos irmãos se têm, infeliz e inadvertidamente, dedicado, usando da maneira mais indevida possível o trecho de Apocalipse 18.6.
Outro dado que refuta essa absurda posição do desigrejamento é o fato de que Deus tem um "povo", e um povo não é um indivíduo. O Senhor comprou com o seu sangue uma Igreja - "homens de toda tribo, e língua, e povo, e nação" (Ap 5.9) que, vivendo neste século, tem prazer em reunir-se para a comunhão com o Mestre. Quando Jesus tomou a última ceia com os discípulos, um retirou-se. Seu nome era Judas.
Está à disposição dos interessados o meu livro "Fugindo da Igreja", recomendado por ilustres pastores e estudiosos das Escrituras Sagradas.
Ev. Izaldil Tavares de Castro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário