Translate:

Pesquisar este blog

Receba as atualizações do blog em seu e-mail:

• Arguivo do blog

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

GLOBO OU RECORD?

 Está crescendo, principalmente entre os evangélicos, uma onda de admiração pela Rede Record de Televisão, por causa da série OS DEZ MANDAMENTOS, um tema bíblico bem conhecido dessa parcela da sociedade. Há, mesmo, igrejas que instalaram telões para reunir seus fiéis no horário da novela, tempo em que agradecem a Deus pelo evento!
A Bíblia recomenda que devemos ter a simplicidade das pombas aliada à prudência das serpentes; mas parece que damos preferência à primeira qualidade: quanta gente simples, mas imprudente!
É necessário perceber que o evento novelístico não trata de qualquer interesse religioso, ou evangélico, ou de atividade evangelística por parte da Record. É simplesmente uma briga por audiência, levada a efeito contra a Globo. DEUS NÃO ESTÁ NISSO!
A Rede Globo é ímpia, alimenta descaradamente o secularismo com todo o desmando que essa forma de vida promove; sua filosofia é claramente hedonista, perversa.
Por outro lado, a Record - não podemos esquecer - é tão ímpia quanto a concorrente, e explora o filão oposto, porque tem na seara "religiosa" um trunfo importante para atingir seus insaciáveis objetivos econômicos e financeiros, haja vista que seu comandante maior é experto em levantamento de fundos e em ajuntamento de público.
Há um ditado que diz "entre o mar e o rochedo, apanha o marisco". Essa é a posição dos incautos cristãos que veem a televisão iurdiana como uma "porta aberta por Deus para o evangelho", ou uma televisão para o povo cristão. Isso é engodo!
Grande parte do povo evangélico tornou-se alvo fácil para o engano, porque tem apenas a simplicidade das pombas. Basta aparecer uma figura com aspecto religioso, gíria religiosa, bíblia na mão e o séquito de incautos a segue fervorosamente.
É hora de a cristandade evangélica entender que não é deste mundo, que não pertence a este sistema. O evangelho de Cristo caracteriza-se pela oposição aos interesses seculares, ainda que esses tenham aparência de cristandade ou de apoio a isso. Se falar de evangelho, é anátema!
A novela macediana não tem objetivo cristão, porque é ferramenta de disputa por corações que garantirão o seu "ibope", Os pastores precisam ser mais prudentes que as ovelhas, ou as deixarão à mercê dos lobos que atacam, nestes dias, com grande ferocidade.
Há ataques provindos de falsos apóstolos, pseudobispos, pastores autoproclamados em grande parte dos programas de televisão (e a Record, com os seus bispos, mantém a exclusividade do envenenamento). Nessa briga Record/Globo o cristão prudente fica do lado de fora, não dá crédito a uma nem a outra; não aplaude a invenção Troféu Promessas, uma falsidade que busca arrancar audiência no meio menos esclarecido das igrejas evangélicas.
Enfim, chega a ser estupidez a ingenuidade de se acreditar que o mundo televisivo destes dias está dividido entre o bem (Record) e o mal (Globo). Tudo é farinha do mesmo saco!.
Ev. Izaldil Tavares de Castro.

2 comentários:

  1. Excelente exposição professor Izaldil Tavares.

    Muitos estão plenamente cegos e correm para abraçar o diabo.

    Denunciar é preciso e necessário.

    O Senhor seja contigo amado!

    O menor

    ResponderExcluir
  2. Paz do Senhor!

    Uma excelente exposição apologética. Infelizmente, a maioria dos cristãos atuais, perderam a sensibilidade espiritual. Não conseguem discernir as coisas do Reino de Deus. Mas conseguem acreditar no "Reino" iurdiano de televi$ão.

    Que Deus lhe abençoe.

    Pb. Gilmar Baptysta

    Camboriú, SC.

    ResponderExcluir