Translate:

Pesquisar este blog

Receba as atualizações do blog em seu e-mail:

• Arguivo do blog

domingo, 10 de maio de 2015

É ÓDIO EXPOR A CHANTAGEM?

 Tenho lido (e relido) todos os textos que fazem referência ao descalabro da pregação (pregação?) do senhor Marco Feliciano, no Congresso dos GMUH, em Camboriú, Santa Catarina. Igual atenção venho dispensando aos comentários a tais publicações, o que me deixa espantado!
É expressiva a quantidade de apoio aos textos que criticam com severidade aquele pregador (?) useiro e vezeiro - não quero repetir os parênteses - de heresias. Por outro lado, fico apreensivo com uma meia duzia de comentários que beiram à grosseria, em defesa da chantagem feliciana.
Chantagem? Sim. A Feliciano não falta inteligência, ainda que mal aproveitada; se ela lhe faltasse, o discurso não se valeria de deslavada falácia como a do "filho de peixe...". Com isso, aquele cidadão ludibriou uma plateia de incautos desprovidos de Biblia.
Como, então, o pastor Ciro Sanches Zibordi, um ilustre apologeta, assembleiano de escol, tem que suportar os comentários desaforados que colocam em seu mural?
Ciro é um dos pastores de nossa denominação o qual se esmera na manutenção dos princípios inalienáveis do evangelho. Claro que posso citar aqui um bom número de pastores (assembleianos ou não) que não se corromperam com as ofertas da heresia, tão oferecidas aos amantes de glória efêmera.
Aos nossos irmãos que ainda aplaudem e defendem esses homens inescrupulosos no reduto evangélico aconselho maior interesse no estudo das Escrituras, porque "...errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus" (Mt 22. 29).
Ev. Izaldil Tavares de Castro

Nenhum comentário:

Postar um comentário