Translate:

Pesquisar este blog

Receba as atualizações do blog em seu e-mail:

• Arguivo do blog

quinta-feira, 27 de julho de 2017

UM NOVO NASCIMENTO É INDISPENSÁVEL AO HOMEM


Leitura: João 3.1-7.
1.        Deus não criou o Homem para a morte.
Temos consciência de que todo homem nasce, cresce e morre. Essa sequência atinge a todos nós. Mas Deus não fez o homem para a morte. A morte é um castigo pela desobediência de Adão.
“Coma livremente de qualquer árvore do jardim, mas não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal, porque no dia em que dela comer, certamente você morrerá” (Gn 2.16-17).  Então, antes disso não morreria!
2.        Deus não criou o homem para nascer novamente.
Já que o homem não morreria, não havia necessidade de ele renascer. O pecado levou-nos todos à morte. Assim, o novo nascimento, anunciado por Jesus a Nicodemos, constitui a providência de Deus para que qualquer homem retome a condição da imago Dei: imagem e semelhança de Deus. Agora, não há outra maneira de se reconfigurar a relação da humanidade com Deus.
Paulo diz: “Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Rm 3.23). Essa destituição da glória de Deus é a morte referida lá no Gênesis.
Todavia, aprouve a Deus dar-nos o plano da salvação, pela vinda do Messias, o nosso Senhor Jesus Cristo, para que por Ele pudéssemos nascer de novo, passando de semente do velho homem (o primeiro Adão) para semente do novo homem em Cristo (o Segundo Adão). Por Jesus somos tornados geração eleita (1Pe 2.9). Uma geração que nasceu de novo!
3.        Nascer da água e do Espírito.
Jesus disse que é necessário nascer da água... e do Espírito. Como entender nascer da água? Nicodemos era mestre em Israel, um teólogo dói A.T. Jesus o confronta por essa condição. Na verdade, Jesus cobrou que ele conhecesse Ezequiel, 36.25: “Aspergirei água pura sobre vocês e ficarão puros; eu os purificarei de todas as suas impurezas e de todos os seus ídolos”. Nascer da água é ser purificado dos males do velho homem. Nascer do Espírito é receber a nova vida em Cristo; o novo sopro de Deus, a Palavra para a regeneração.
4.        Nascer de novo não é renascer.
Renascimento é o brotar do passado. Segundo a mitologia grega, a Fênix, uma ave de características fantásticas, tinha a capacidade de, morta, entrar em combustão e renascer das próprias cinzas. Mas renascia Fênix! Em renascença ou renascimento não há mudança das características. Há plantas que renascem; mas não mudam a sua própria natureza, porque a raiz delas é a mesma.
Essa afirmação contraria a teoria da reencarnação, defendida pelo espiritismo. Se o homem renascesse, renasceria homem, tal qual a ave mitológica, morto nos mesmos delitos e pecados.
A mensagem de Jesus não é de renascimento, mas do novo nascimento. “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo” (2Co 5.17). “Aquele que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve, porque estas palavras são verdadeiras e fiéis” (Ap. 21.5).
As características do velho homem, originário do Éden, são opostas às características do novo homem, nascido em Cristo.
5.        Características do velho homem (adâmico).
Destituído da glória de Deus (Rm 3.23); morto em delitos e pecados (Ef 2.1); desobediente (Tt 3.3); egoísta (2Tm 3.2) mentiroso (At 5. 3) etc.
6.        Características do novo homem (cristão).
Tem paz com Deus (Rm 5.1); tem vida abundante (Jo 10.10); ama a palavra de Deus (Sl 119.11); anuncia o evangelho (At 4.31) etc.
7.        Destino de um e de outro.
Leiamos Mateus 25.31-34; 41. “Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: Venham, benditos de meu pai...”. “Mas dirá os que estiverem à sua esquerda: “Malditos, afastem-se de mim, para o fogo eterno...” “Afastem-se de mim...” (Mt 7.23)
Conclusão.
Pelo que vimos até aqui é terrível a situação do velho homem, pois vive neste mundo distanciado da glória de Deus e terá, por fim, o afastamento definitivo do Senhor, condenado ao castigo eterno.

Precisamos manter a nossa condição de nascidos da água purificadora  que, pela cruz, nos purifica de todo o pecado,a qual nos torna nascidos do Espírito de Deus. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário