Translate:

Pesquisar este blog

Receba as atualizações do blog em seu e-mail:

• Arguivo do blog

quinta-feira, 16 de junho de 2016

INCOMODA DEMAIS, MESMO!

Na igreja, na sala de aula, numa reunião, ou em qualquer outro lugar, o princípio do bom senso, do respeito ao próximo, ou da boa educação impede toda manifestação pessoal excessiva. Esse princípio deveria ser bem preservado entre os crentes, pois a eles não pode faltar o discernimento de como agir ou portar-se.
A glorificação a Deus pode ser ato coletivo no templo, mesmo assim, não me cabe exceder aos circunstantes. Se for um ato individual na congregação, vejo-me impedido, pelo bom senso, de qualquer excesso.
Muitos pastores cobram um ambiente efusivo e não medem esforços para promover isso, dizendo frases como "aqui há liberdade!".
O problema é que entre pessoas tão diversas fica difícil estabelecer a extensão dessa "liberdade", o que - quase sempre - gera a falta de bom senso, daí o incômodo a outrem.
Certa vez, fui prejudicado na atenção que dava à boa mensagem de um pregador, por causa da "liberdade" que alguém tinha, para mostrar o seu irreprimível fervor.
Que tal, incluir um bom ensino de civilidade nas EBD? A igreja deve distribuir também sabedoria social entre seus membros, pois ela é hospital da alma, escola que discípula em tudo, centro de apoio, onde todas as bênçãos se compartilham.
Ev. Izaldil Tavares de Castro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário