Translate:

Pesquisar este blog

Receba as atualizações do blog em seu e-mail:

• Arguivo do blog

sábado, 6 de fevereiro de 2016

UM INDISPENSÁVEL GRITO DE ALERTA.

 Causa mal-estar ouvir a maioria canções ditas cristãs de nossos dias .A tônica é "o homem". Você é raridade, você é vencedor, seus inimigos aplaudirão de pé a sua vitória, porque Deus é com você, etc.
Tudo é criado para reforças essas pregações (falações) antropocêntricas que reúnem centenas de ignorantes e endurecidos quanto à verdadeira MENSAGEM DA CRUZ.
Hoje existe um "Jesus" na cruz com as mãos estendidas para resolver os teus problemas (materiais). Olha para a cruz e terás o sucesso garantido.
Isso é blasfêmia gospel! Há pastores blasfemando! Há cantores blasfemando! Há "fiéis" blasfemando!
O avanço do evangelho está interrompido pela blasfêmia sutil que o diabo lançou em grande parte das igrejas.
Quando o apóstolo João viu vir Jesus exclamou: "Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!" (João, 1.29). O ladrão crucificado ao lado do Senhor pediu para ser "lembrado", quando Jesus entrasse em seu Reino. Ele não pediu livramento da cruz!
Maria, irmã de Lázaro, ungiu com perfume os pés do Mestre, porque Ele era o centro das atenções, e mais ninguém!
Muita gente tem posto o Senhor como seu escudeiro, porque não o tem como escudo. Deus, hoje, é o Deus de todas as bênçãos, e bênçãos são: casa, carro, noivado, emprego e, até, divórcio! Deus é o Deus da "obra", porque expandir a obra hoje não é mais do que adquirir espaços, prédios, bens materiais. Hoje expandir a "obra" requer contratação de arquitetos, pedreiros, eletricistas. Não que construir templos seja um erro. O erro é outro!
A igreja de nossos dias tem entristecido o Senhor. Está distanciada dele porque tem caído na antropolatria, que é a idolatria do homem. Poucos há no meio cristão que anseiam pelo que Deus é. Muitos anseiam pelo que Deus dá!
Jesus não entregou a sua vida para resolver a minha enfermidade. Caso isso fosse verdade, ninguém iria a óbito! Os hospitais não teriam cristãos sobre o leito. Estêvão não seria apedrejado, Paulo não teria sido decapitado, nem Pedro, crucificado!
Jesus é o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! Ele veio para resgatar a nossa relação com o Pai, a qual fora interrompida por causa do pecado. Jesus veio, por misericórdia, salvar o crente da condenação eterna.
Nada somos, nada temos, nada valemos em nós mesmos. Somos miseráveis alcançados pela misericórdia divina. Se não fossem as misericórdias do Senhor, seríamos aniquilados de sobre a terra.
A igreja está à morte espiritual por falta de quem a ensine com correção; mas também morre porque os corações estão presos às coisas deste mundo. Quanto mais o homem olha para a vida terrena, mais se afasta de Deus e mais cria panaceias que acobertam sua situação de rebeldia.
Que o Senhor mantenha sua benignidade sobre os verdadeiros fiéis. Que Deus permita o incremento de homens dispostos a entregar a mensagem pura e corretiva do verdadeiro evangelho. O Brasil não precisa de novos ministérios, de novos salões de cultos; muito menos precisa de "pescadores em aquário". O Brasil precisa de homens inseridos nos ministérios já existentes, mas que sirvam de exemplo na fé, na oração, no estudo e no ensino da Palavra. Não há qualquer necessidade de divisores no Reino.
Anseio por um avivamento - não de mudança de igreja, não de barulho, não de línguas estranhas, não de cantorias, nem de rodopios - de conversão dos maus caminhos, um avivamento de limpeza espiritual; um avivamento que separe os que "servem a Deus" daqueles "que não O servem". Um avivamento que traga homens compungidos e arrependidos de seus pecados, aos pés de Cristo!
Ev. Izaldil Tavares de Castro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário