Translate:

Pesquisar este blog

Receba as atualizações do blog em seu e-mail:

• Arguivo do blog

quinta-feira, 6 de março de 2014

CIRCUNSTÂNCIAS

Existência pode ser entendida como a sujeição às circunstâncias. São as circunstâncias que formatam e adaptam os elementos ao seu ambiente. Pensemos numa pedra. Ao vê-la, temos, de imediato, a sensação de que ela, sendo inerte, está isenta das influências circunstanciais. Sua forma aparentemente invariável dá-lhe um aspecto de perenidade; mas, sem dúvida essa não é a realidade: as circunstâncias agem sobre ela. Assim os vegetais; assim os entes todos que pudermos enumerar. Duas ciências espetaculares dedicam-se à explicação dos fenômenos de que as circunstâncias se encarregam: a Física e a Química.
Somente os seres humanos têm a capacidade de compreender o que seja uma circunstância. Os demais entes estão a ela submetidos inxoravelmente. Que é circunstância? Talvez possa dizer que ela é o conjunto de fatores que determinam o "status" de uma situação.
Se o homem tem noção desse implacável fenômeno, deve, então, compreender que uma circunstância gerou um estado do qual não há como o homem se livrar por meios próprios. A Bíblia aponta-a, quando diz: "porque todos pecaram (circunstância) e destituídos estão da glória de Deus" (resultado inexorável) (Rm 3.23). Circunstâncias são imutáveis. Pode-se criar outra circunstância; mas, jamais se poderá alterar a precedente, daí a razão de sua inexorabilidade.
Só há um que pode fazer tais alterações, de forma absoluta: Jesus Cristo, o Filho de Deus.
A Bíblia diz: "... Deus amou a humanidade de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito, para..." alterar circunstâncias! "... para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (João 3.16).
Deus não fez uma outra circunstância, sem mexer na anterior. Antes, os que pecaram ficaram sem salvação (assunto encerrado). Agora, os que creem no Seu Filho Jesus Cristo veem a circunstância mudada: têm a vida eterna ( a salvação).
Por que Jesus pode mudar as circunstâncias? Ele declarou: "E chegando-se Jesus, falou-lhes dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra." (Mateus, 28.18). "Por isso o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém a tira de mim; mas eu mesmo a dou; tenho poder para dar e poder para tornar a tomá-la. Esse mandamento recebi de meu Pai." (João 10.17-18).
Agora, é possível que você saia de uma circunstância terrível: condenado por causa do pecado; e passe para uma nova circunstância: a de liberto pelo poder transformador de Cristo. A decisão é sua!

Nenhum comentário:

Postar um comentário