Translate:

Pesquisar este blog

Receba as atualizações do blog em seu e-mail:

• Arguivo do blog

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

VERGONHA, MAIS QUE TRISTEZA!


 Pobre Brasil! Terra linda: tem belezas naturais que encantam: campos e praias exuberantes, fauna e flora tão rica. Entretanto, tudo isso está entregue às mãos de uma gente deplorável, disposta a contrariar a disposição natural, em nome de uma natureza orgíaca que ousa chamar de amor.
A Justiça do Rio de Janeiro acaba de marcar um passo que afronta e agride impiedosamente a maioria da população brasileira: promoveu, além da chancela do Poder Judici...ário, o uso do espaço público, a apresentação do coral da entidade, para festejar o que chamou de "casamento" de 130 indivíduos. Decidiu unir macho com macho e fêmea com fêmea!
O Brasil sente vergonha desses componentes do Judiciário que, apegados à face gélida de uma legislação talvez obtusa, assinaram a violência contra a natureza humana. Podem alegar que praticamente o mundo todo adota essa novidade. Isso só faz provar que grande parte do gênero humano está pervertido, porque se compraz em aprovar a perversão. Vergonha! Vergonha! Vergonha!
Não estou me referindo à (des)orientação sexual dessas pessoas. A democracia lhes dá o direito de optar e eu respeito isso. Refiro-me à aprovação unilateral assumida pelo Poder Judiciário, quando, junto com boa parte da mídia (esse quarto poder), festeja com uma parcela da sociedade em detrimento de outra entristecida e envergonhada. Pobre Brasil!

Nenhum comentário:

Postar um comentário