Translate:

Pesquisar este blog

Receba as atualizações do blog em seu e-mail:

• Arguivo do blog

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

PROBLEMAS COM A LÍNGUA VI

Prof. Izaldil Tavares de Castro

Um bom conteúdo de vocabulário é indispensável a quem quer falar bem. Ter bom conteúdo de vocabulário significa conhecer os possíveis significados das palavras. Por outro lado, a pronúncia dos vocábulos, de modo geral, também denuncia a convivência da pessoa com o idioma.
Um problema é que nem todos os usuários percebem a musicalidade e a beleza rítmica do português falado no Brasil, e esse desconhecimento impede ou atrapalha a seleção das palavras que o indivíduo utilizará, provocando cacofonias e ambiguidades, entre outros males.
Nossas palavras — as que apresentam mais de uma sílaba — dividem-se em oxítonas (a sílaba tônica é a última), paroxítonas (a sílaba tônica é a penúltima) e proparoxítonas (a sílaba tônica é a antepenúltima. O estudo desse assunto chama-se prosódia das palavras. Caso a pessoa desconheça a posição da sílaba tônica em uma palavra, errará, isto é, cometerá uma coisa esquisita que os gramáticos chamam de silabada. As pessoas que trocam “letras” ou as suprimem, cometem falha quanto à ortoepia (estudo da pronúncia correta). Vamos ver alguns desses problemas.
1. Aquele homem é um filântropo; nunca se esquece de quem sofre. (errada)
Aquele homem é um filantropo; nunca se esquece de quem sofre. (correta)
Observe a sílaba tônica destacada: filanTROpo. Pessoa que se preocupa com próximo, alguém que pratica a caridade. Aqueles que fazem mal ao próximo ou a toda humanidade são misanTROpos!
2. O homem ávaro prejudica a sociedade. (errada)
O homem avaro prejudica a sociedade. (correta)
Outra palavra paroxítona. Tem o mesmo significado de avarento, apegado aos seus bens.
3. Não vejo por aqui jovens tão púdicos. (errada)
Não vejo por aqui jovens tão pudicos. (correta)
Os pudicos (palavra paroxítona) são pessoas tímidas, recatadas, cheias de pudor.
3. Lanche de mortanderla? Não quero! (errada)
Lanche de mortadela? Não quero! (correta)
Esse erro nada tem com a tonicidade da palavra. Não é um caso de silabada. O falante atropelou a pronúncia da palavra. Claro que a forma correta é mortadela! Esse erro tem um nome muito feio: suarabácti! Pior é o outro nome que também lhe dão: anaptixe! É melhor evitar, não é?
4. O rapaz ficou frustado. (errada)
O rapaz ficou frustrado. (correta)
Falar errado é uma frustração. Trata-se de um erro que causa discriminação; quem fala errado passa por ignorante e é menosprezado. Claro que não se devem menosprezar aqueles que não têm instrução. Precisamos ajudá-los. Então, divulgue estes comentários!
5. Os carros estão no páteo. (errada)
Os carros estão no pátio. (correta)
Já houve tempo em que a nossa língua não tinha regulamentação. Cada um escrevia como achasse melhor. Claro que isso interferiu na pronúncia das palavras! Depois das regras de ortografia, as coisas melhoraram. Os vícios, porém, ficaram e foram transmitidos no convívio social. A forma correta é pátio, crânio, craniano, possui, contribui, evolui etc. Tudo isso com i.

Nenhum comentário:

Postar um comentário