Translate:

Pesquisar este blog

Receba as atualizações do blog em seu e-mail:

• Arguivo do blog

terça-feira, 17 de agosto de 2010

AS TRÊS NOTÍCIAS MAIS IMPORTANTES PARA O SER HUMANO

Izaldil Tavares de Castro


Introdução.
Todas as pessoas vivem preparadas para receber boas notícias. Alegram notícias boas de um parente que está distante; causa satisfação a notícia do nascimento de um filho, ou a notícia da obtenção de um interessante contrato profissional, ou o bom resultado de um exame médico; enfim há inúmeras notícias satisfatórias. Só não agradam as notícias que contrariam as expectativas, as que vêm em sentido contrário ao que se espera. Mas elas também existem: na sequência de uma notícia favorável sempre há a possibilidade de outra, desfavorável.
A Bíblia relata casos de boas e de más notícias para a humanidade. Todo o primeiro capítulo do livro do Gênesis é uma boa notícia para a humanidade. Deus criou a terra, o mar e tudo quanto neles há; nela, pôs o homem, feito à sua imagem, conforme a sua semelhança. E Deus viu que tudo quanto havia feito era muito bom. Mas há, também, uma má notícia, no capítulo 3: 17. Deus, porém, transforma más notícias em surpresas excelentes!
Por outro lado, Deus não encerra a história humana com má notícia; porque, apesar da queda do homem, o Senhor apresenta o plano que fizera, anteriormente, para o resgate: ao amaldiçoar a serpente, declara o plano: “E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente: ESTA TE FERIRÁ A CABEÇA, e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gn 3: 15).
Depois dessa declaração do Senhor Todo-Poderoso, a História toda converge para a execução do plano de salvação, o qual percorre o relato bíblico do Gênesis ao Apocalipse. A Bíblia inteira, livro por livro, trecho após trecho, trata tão-somente do plano divino para a humanidade.
Primeira notícia mais importante para o ser humano: Jesus salva!
Não existe notícia mais importante que o Evangelho, as Boas Novas. Qualquer boa notícia relativamente à vida humana torna-se apagada diante dessa tão grandiosa informação. Ao ler Isaias, nota-se o entusiasmo nas palavras do profeta, quando dá a conhecer o plano vindouro da salvação:
Leiamos: Isaías 61: 1-3.
Muitos outros versículos da Palavra de Deus evidenciam claramente a primeira notícia maravilhosa que todo homem precisa receber: A SALVAÇÃO ESTÁ POSTA À DISPOSIÇÃO DOS HOMENS.
João, 3: 16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (Jo 3:16)
Isaías, 9: 6: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o principado está sobre os seus ombros; e o seu nome será Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz”. (Is 9: 6).
João 10: 10: “O ladrão (o diabo) não vem, senão a roubar, matar e destruir: eu vim, para que tenham vida e a tenham em abundância”.
O que a salvação promove.
Muitos hoje andam em busca de um falso evangelho: um evangelho que satisfaça apenas ao interesse pelos bens materiais. Jesus não veio trazer casas, carros, empregos e casamentos, como tanto se propaga nos meios de comunicação. O crente não procura essas soluções para seu caminhar. Jesus veio trazer SALVAÇÃO, a qual liberta o homem do pecado, transforma-lhe o caráter, dignifica-lhe a pessoa. Livre do pecado, transformado no caráter e dignificado na pessoa, todas as demais coisas lhe serão acrescentadas. (Mt 6: 31-34).
“E Jesus, respondendo, disse: Em verdade vos digo que ninguém há que tenha deixado (NÃO BUSCADO) casa, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou campos, por amor de mim e do evangelho, que não receba cem vezes tanto, já neste tempo, em casas, e irmãos, e irmãs, e mães, e filhos, e campos, com perseguições, e, no século futuro, a vida eterna”. (Marcos 10 29-30). A salvação de Jesus promove tudo e muito mais! Os homens precisam dessa espetacular notícia: JESUS SALVA!


Segunda notícia mais importante para o ser humano. Jesus batiza com o Espírito Santo.
A segunda notícia igualmente importante para os homens é esta: Jesus batiza com o Espírito Santo.
Mateus 3: 11: “E eu, em verdade, vos batizo com água, para o arrependimento; mas aquele que vem após mim, é mais poderoso do que eu; não sou digno de levar as suas sandálias; ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo”.
Atos 1: 8: “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós e, ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da terra.
Jesus prometeu aos salvos — os recebedores da primeira notícia mais importante — que enviaria outro Consolador. Também prometeu que esses salvos não fiariam órfãos, deu-lhes a esperança do seu regresso e também de sua permanência através do Espírito Santo. Ele mesmo prometeu a vinda do Espírito Santo para estar com os remidos.
João 14: 16-18: “E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; o Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê, nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco e estará em vós. Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós”.
Os homens precisam dessa espetacular notícia: JESUS BATIZA COM O ESPÍRITO SANTO!
O que o Espírito Santo promove.
A primeira atuação do Espírito Santo no homem é o convencimento do pecado, da justiça e do juízo. (Jo 16: 8-11). O Espírito Santo dá ousadia aos crentes para anunciar a Palavra de Deus (At 4: 31). O Espírito Santo guia (At 8: 26-29). O Espírito Santo expulsa os demônios (At 13: 9-11; 16: 16-18). Nenhum crente enfrenta as lutas deste mundo, as batalhas espirituais que o afrontam, as ofertas coloridas do inimigo sem a presença do Espírito Santo em sua vida. É o Espírito Santo quem envolve a pessoa para protegê-la; é ele quem lhe dá resistência diante das perseguições; é o Espírito Santo quem intercede pelo cristão junto ao Pai.
Não há vida cristã sem o Espírito Santo. Além disso, existe uma evidência maravilhosa de sua atuação: a glossolalia, isto é, o falar em línguas desconhecidas.
Todo salvo tem o Espírito Santo, ainda que nem todos tenham recebido essa evidência admirável. É necessário que o crente permaneça em busca confiante, que fique “em Jerusalém, até que seja revestido”; até que do próprio Senhor Jesus receba essa dádiva.
Realmente os homens precisam dessa grande notícia: JESUS BATIZA COM O ESPÍRITO SANTO!


Terceira notícia mais importante para o ser humano: Jesus voltará!
A terceira notícia indispensável para todo ser humano é esta: JESUS VOLTARÁ! Sua volta é promessa dele mesmo. Para que ele voltará? Para buscar os seus amados. O Senhor sempre fez questão de esclarecer esse ponto aos seus discípulos:
João 14:6: “Não se turbe o vosso coração; credes em Deus, (aqui há uma constatação; não uma ordem!) crede (aqui há uma ordem; não uma constatação!) também em mim. Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito; pois, vou preparar-vos lugar. E, se eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também”.
Lucas 18: 8: “E Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que tardio para com eles? Digo-vos que, depressa, lhes fará justiça. Quando, porém, vier o Filho do Homem, porventura, achará fé na terra?”
Tiago 5: 7-8: “Sede, pois, irmãos pacientes até a vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia. Sede vós também pacientes, fortalecei o vosso coração, porque já a vinda do Senhor está próxima”.
Hebreus 9: 28: “Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez, para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para a salvação”.
Apocalipse 22: 20: “Aquele que testifica estas coisas diz: Certamente cedo venho. Amém! Ora, vem, Senhor Jesus”.
O que a promessa da vinda de Jesus proporciona.
A promessa da vinda do Senhor proporciona:
1. segurança ao crente: Dt 33: 12; Sl 91: 9;
2. certeza de que suas lutas terão um fim: Is 26:3; Sl 37:11; Ap 21: 3-4;
3. convicção de que vai ter um lugar nas moradas celestiais: João 17: 24; Ap 21: 7;
4. destemor para abandonar as coisas terrenas: Mateus 10: 37-39; I Tm 6: 10-11; I Pe 1: 18;
5. vida de retidão para alcançar o verdadeiro prêmio de sua existência terrena: Fp 3: 8; 14.
Conclusão.
O Senhor Jesus instituiu a sua Igreja para levar a todo o mundo essas três maravilhosas notícias. Cada crente é uma testemunha do Senhor, pois já está notificado delas. Ninguém se isenta da responsabilidade de propagar até aos confins da terra a maravilhosa mensagem de salvação. O Senhor mandou que os seus servos anunciem o Evangelho a todas as nações, ensinando-as a guardar tudo quanto ele ordenou.
Há, em nossos dias, uma preocupação com os templos, seus móveis e utensílios e localização confortável. Os crentes buscam um lugar confortável para se reunir. Os discípulos, certa ocasião chamaram a atenção do Senhor para a beleza arquitetônica do templo; mas Jesus não deu a menor atenção a isso: sua mensagem é a busca de almas para o reino dos céus, não para os templos da terra. Ao convocar os primeiros discípulos, o Mestre não mandou construir um majestoso templo; disse-lhes: “Vinde após mim e eu vos farei pescadores de homens”. Certa feita, mais tarde, enviou os doze a pregar. (Mateus, 10: 1; 7-11). Em Atos 12: 25, Saulo e Barnabé “havendo terminado aquele serviço, voltaram...”. O serviço deles fora “ensinar muita gente” (At 11: 26). Não podemos perder nosso alvo, substituindo-o por interesses meramente humanos. Saiamos do arraial, para divulgar as três mais importantes notícias para o ser humano: JESUS SALVA, JESUS BATIZA COM O ESPÍRITO SANTO E JESUS VOLTARÁ! Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário